Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Entrevista sobre o Livro "Amor Sustentável" para Revista GLAMOUR.

Mora junto? Psicanalista 

dá 10 dicas para 

driblar os problemas 

da vida a dois

Lígia Guerra é comentarista do programa Encontro, na TV Globo, e lança livro sobre relacionamento este mês
30/10/2018 - 05h47 por FLÁVIA BEZERRA
Cena do filme UP, da Disney (Foto: Reprodução)
Lidar com o ciúme, as manias, o excesso de cobranças... Não, não é nada fácil construir um relacionamento saudável – que o diga Lígia Guerra, psicanalista com anos de experiencia clinica no assunto xabus de casais. Segundo a expert, os “desarranjos na vida amorosa são os principais motivos da infelicidade de homens e mulheres.”

Aqui e em seu novo livro “Amor Sustentável – Como lidar com o ciúme, a dependência emocional e o excesso de cobranças para construir um relacionamento saudável” (Editora Sextante, R$ 30), lançado este mês, ela dá dicas de como driblar os problemas da vida a dois. Confira!

1. Invista na sua autoestima
Isso vai te ajudar a não se submeter às imposições que lhe fazem mal e não se tornar uma pessoa controladora por falta de autoconfiança.

2. Não confunda intimidade com falta de bom senso
A falta de intimidade é um problema, mas o excesso gera comportamentos invasivos que destroem o respeito entre o casal.

3. Jamais acredite que você conhece tudo sobre o seu parceiro
Esse raciocínio gera comodismo, pois parece que não existe mais nada para ser descoberto sobre o outro. Não existe nada mais sabotador do que a falta de interesse pelo parceiro.

4. Não use piadas para falar o que sente ou para agredir o parceiro
Uma boa conversa pode resolver muitas questões, mas a acidez verbal pode gerar mágoas irreparáveis.
 

Cena do filme UP, da Disney (Foto: Reprodução)

5. Saiba dizer não no momento certo
Assim você não se sentirá pressionado a fazer concessões que não gostaria. Isso gera desgastes desnecessários.

6. Não ceda espaço para o ciúme
Esse é um sentimento que só cresce e se agrava com o tempo. Construa um vínculo de confiança. Caso não consiga, repense se está na relação que deseja e merece.

7. Tome cuidado com as interferências familiares e os palpites dos amigos
Ok, eles até podem falar para o seu bem, mas isso não significa que estejam certos – lembre-se disso!

8. Cultive atividades em comum
Isso cria pontos de interesse que enriquecem o diálogo e o bem-querer mútuo. É fortalecer os laços entre vocês!

9. Não deduza as coisas por acreditar que sabe o que o outro está pensando
Além de evitar problemas na comunicação, isso faz com que o companheiro se sinta amado e querido – pois você vai ter que o ouvir!

10.  Façam planos juntos, sonhem juntos, desejem juntos
E o que menos importa é o tamanho do projeto. O fato de se sentir incluído na vida do parceiro é que faz a diferença! Isso cria conexão a longo prazo e dá força e sentido para a vida a dois. Amar e sentir-se amado genuinamente... Quer coisa melhor?

https://revistaglamour.globo.com/Amor-Sexo/noticia/2018/10/mora-junto-psicanalista-da-10-dicas-para-driblar-os-problemas-da-vida-dois.html


Nenhum comentário: