Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 21 de maio de 2017

O seu destino...


A ansiedade é regida pelo medo. A coragem é regida pela fé. Lembre-se que assim como acontece com o nosso corpo, podemos engordar ou emagrecer as nossas emoções. Observe se você está alimentando mais os seus medos ou a sua fé. Acredite, essa é uma escolha poderosa que revolucionará o seu destino de uma forma inimaginável!!! 

*Lígia Guerra* 



sábado, 20 de maio de 2017

Zona de Conforto...


A "zona de conforto" é um lugar bem desconfortável se você reparar bem. Nela não cresce: amor, autoestima, realização, amizade, inteligência, admiração e nem paz. 

Se a sua vida estiver estagnada e estéril, repare bem se você não tem passado tempo demais no lugar errado. Talvez seja momento de retomar a estrada. Boa trilha!!! 

*Lígia Guerra*


quinta-feira, 18 de maio de 2017

O amor é uma poção mágica...


O amor é uma coreografia que se reinventa no dia a dia e quando vem acompanhado pela maturidade, torna-se ainda mais precioso e construtivo! A maturidade permite que o amor seja inédito em qualquer cenário, independente do tempo e do espaço. A maturidade afetiva é o encontro entre dois corações que trocaram a ideia do amor perfeito pelo amor verdadeiro e com ela compreenderam que o amor não machuca jamais! O que machuca é a surdez afetiva, a embriaguez da indiferença, a frieza cortante. 

O amor é um grande antídoto contra a tristeza, a idade, o lugar comum e ingratidão diante da vida. Ele é um alquimista que transforma silêncios em ternura… Olhares em abraços… Bocas em refúgio… Cegueira em luz. Ame. Ame muito! E se a pessoa que está ao seu lado não souber reconhecer a beleza desse sentimento, siga o seu caminho. O amor é uma poção mágica que só deverá ser servida no cálice de quem souber reconhecer o seu sabor. 

- Lígia Guerra -



Reiventando o Relacionamento – Sempre é possível!

Lígia Guerra ConexõesO amor é uma coreografia que se reinventa no dia a dia e quando vem acompanhado pela maturidade, torna-se ainda mais precioso e construtivo!A maturidade permite que o amor seja inédito em qualquer cenário, independente do tempo e do espaço. A maturidade afetiva é encontro entres dois corações que trocaram a ideia do amor perfeito pelo amor verdadeiro e com ela compreendemos que o amor não machuca jamais! O que machuca é a surdez afetiva, a embriaguez da indiferença, a frieza cortante.

O amor é um grande antídoto contra a tristeza, a idade, o lugar comum e ingratidão diante da vida. Ele é um grande alquimista que transforma silêncios em ternura… Olhares em abraços… Bocas em refúgio… Cegueira em luz.

Ame. Ame muito! E se a pessoa que está ao seu lado não souber reconhecer a beleza desse sentimento, siga o seu caminho. O amor é uma poção mágica que só deverá ser servida no cálice de quem souber reconhecer o seu sabor.

* Lígia Guerra *

 

👉 Siga-me no Facebook: LigiaGuerra.Psicanalista

👉 Instagram📷 @ligiaguerrapsicanalista

👉 YouTube: ligiaguerra11

 

Entenda como construir essa maturidade afetiva. Assista:




quarta-feira, 17 de maio de 2017

Anotações para a Vida...



Ratan Naval Tata, é um empresário, investidor indiano e filantropo. Em uma palestra dele em Londres, a certa altura deu dicas preciosas. Compartilharei algumas com você: 

 1. Não eduque seus filhos para serem ricos. Eduque-os para serem felizes. Assim, quando crescerem, eles saberão o valor das coisas, não o seu preço. 

2. Coma seus alimentos como se fossem remédios. Do contrário, você terá que comer seus remédios como se fossem alimentos. 

3. Aquele que te ama nunca irá te abandonar, pois mesmo que existam 100 razões para desistir, ele ou ela irá encontrar uma única razão que seja para permanecer ao seu lado. 

4. Existe muita diferença entre ser humano (substantivo) e ser humano (verbo). Mas somente poucos entendem isso. 

5. Você foi amado quando nasceu e você será amado quando morrer. Nesse intervalo, você precisa merecer ser amado , não esqueça disso… 

6. Se quer andar rápido, ande sozinho. Mas se se quer andar longe, ande com alguém ao seu lado!! 

7. Os seis melhores médicos do mundo: luz do sol, descanso, exercício, dieta, auto confiança e amigos! Mantenha-os em todos os estágios que viver e aproveite uma vida saudável e feliz! 

8. Se você olhar para a lua, verá a beleza de Deus, se você olhar para o sol, verá o poder de Deus e, se você olhar no espelho, verá a melhor criação de Deus. Então, acredite em si mesmo! 

Espero que tenha gostado. Acredito que sejam anotações essenciais para termos uma boa vida! Fica a reflexão. 

 * Lígia Guerra *


terça-feira, 16 de maio de 2017

Compartilhando Energia...

A vida é uma corrente energética, tem gente que apaga a luz e tem gente que acende. Nosso campo magnético é naturalmente atraído ou repelido por certos interesses de acordo com o nosso padrão mental. Cada uma dessas pessoas do vídeo enxergou na outra aquilo que tem dentro de si. Devido a isso existem tantos grupos diferentes no universo. 

A lei de contágio funciona, mas a lei da atração é ainda mais poderosa! Alguns se associam com intelectuais, outros com corruptos, alguns gostam de arte, outros de transformar o mundo em uma grande aldeia de ideias... Onde os seus olhos pousam? Isso fala muito de você. Existe um universo incrível para ser descoberto na intimidades dos seus pensamentos e pelos feixes do seu olhar. Observe-se! 

- Lígia Guerra -


Sendo você mesmo...


Já reparou que por mais que você seja honesto, procure ser uma pessoa melhor todos os dias e não prejudique ninguém, ainda têm aqueles que ficam incomodados com a sua existência? Sabe o que você deve fazer em relação a isso? Nada, absolutamente nada. Apenas continue realizando, construindo e crescendo, sendo você mesmo. 

Enquanto têm alguns procurando erva daninha no seu jardim, existem muitos outros que estão encantados com o cultivo das suas flores. Sabe o que é mais irônico? São justamente os que mais criticam que precisam da sua energia positiva. Para que ser trevas se podemos ser luz? 

- Lígia Guerra -


"Tenho fases, como a lua....


Como dizia Cecília Meireles... 
"Tenho fases, como a lua, 
Fases de andar escondida, 
fases de vir para a rua... " 

Também sou lua...
Em inúmeros momentos...
Fico abraçada com as minhas raízes...
Para poder germinar mais forte!

- Lígia Guerra -


Outono...


E as cores lindas do outono roubam a cena!!! Na rua de casa... Pelos caminhos dessa cidade apaixonante.... As mãos dos anjos colorem todas as estações. Cada pegada Curitibana fica rubra de amor. 

* Lígia Guerra *


UMA FOTO AMARELADA...



Quando 'furtei' essa foto da casa de minha mãe, queria ter o privilégio de enxergar a menina moça que existia na estrada do tempo muito antes da minha chegada. Imaginar os seus sonhos juvenis muito antes de eu ser existência em sua vida. Conhecer a sua alma antes de ser acariciada pelo calor do seu ventre e pelo toque das suas mãos. 

Acredito que todos os filhos sentem essa curiosidade: Como era a minha mãe na sua juventude? Como teria sido se fôssemos amigas na época do colégio? Mas a cronologia da vida reservou um outro tipo de amizade para nós… E é por isso que estou aqui, para agradecer a mãe amiga que me acolheu no seu ventre ainda tão menina.


Agradecer pela juventude que ela compartilhou comigo… Por trocar as suas noites de festa para me acolher entre os seus abraços de mãe em festa!

Agradecer por esculpir o meu caráter e ensinar que nenhum atalho do mundo é mais valoroso do que um caminho construído com pegadas de luz.

Agradecer por ser farol em meio às tempestades.

Agradecer pelas lágrimas acolhidas e por ensinar-me que os invernos da alma nos preparam para as primaveras das conquistas.

Agradecer por dar-me broncas mesmo com o coração retorcido de dor.

Agradecer por ser palavra abençoada nos momentos em que eu não me sentia merecedora.

Agradecer por me dizer “vá”, mesmo quando o seu coração pedia para eu ficar.

Agradecer por ensinar a ser uma mulher forte, sem perder a doçura da alma.

Agradecer por ensinar-me a ser ponte diante de tantos muros.

Obrigada mãe pelos teus olhos de fé e pelo teu afago de amor.

Obrigada por ser colo de Deus diante das agruras do mundo.

Obrigada por me ensinar que o tempo amarela o retrato, mas que é incapaz de furtar as cores do amor. 

* Lígia Guerra *


Autorrespeito...



Em uma época em que uma gota de opinião pode se transformar em um mar de tempestades… ‘Segurar a língua’ se tornou um mantra que nos poupa de enormes dissabores. 

Criei para mim um modo de diálogo que compartilharei com você, troco as minhas ideias mais preciosas com aqueles que me fazem pensar. Não procuro por pessoas que concordem comigo, gosto de gente que me tire do lugar comum, escute, pergunte e acrescente. Adoro um bom papo! 

Porém, acrescentar é diferente de agredir e fazer pensar é diferente de impor. Aprendi que bons amigos me amam por ser quem sou, não por pensar igual. Mas muito antes de aprender isso com eles, aprendi a respeitar a mim mesma. 

Autorrespeito é uma forma de exorcizar a ansiedade que tiraniza todos aqueles que vivem para agradar. É conquista de saúde mental !!! 


* Lígia Guerra *


Preserve-se!


A vida é curta demais para se submeter a pessoas que amam de menos. Liberdade não é simplesmente fazer o que se quer... Liberdade acima de tudo é aprender a se importar com o que vale a pena. Agressão não se faz "somente" com palavras e atitudes físicas... Ela também surge com a indiferença que desqualifica o teu afeto. Se alguém te agride não revide. 

Preserve-se! 

*Lígia Guerra*


Consciência tranquila...


Você pode fingir ser uma pessoa que não é, mentir, enganar... Mas no escuro do seu quarto, nos momentos de solidão, no instante em que o espetáculo se encerra... É somente você consigo mesmo. E sabe onde isso mais pesa? No leito de morte. Ali, naquele encontro entre a sua finitude física e a sua infinitude de alma não existe negociação. A travessia é solitária e de nada adiantarão os aplausos do mundo se a sua consciência não te aplaudir... Se o seu coração souber que você é uma farsa!!! 

Consciência tranquila é uma das poucas coisas que não estão à venda, é uma conquista íntima sem platéia. Felizmente! 

* Lígia Guerra *

Meu novo quadro na Rede Globo do Paraná...

Lígia Guerra Novo Quadro

Para estréia desse novo projeto, escolhemos "O dia das mães.”

Nada mais natural, pois tudo começa a partir delas.

Trabalharei assuntos voltados ao mundo feminino e aos relacionamentos amorosos,

respondendo as perguntas que incomodam e afligem cada um de nós.

Todas as quintas-feiras teremos um tema escolhido pelo público.

Você pode deixar a sua sugestão que ela será muito bem vinda, mesmo sendo de outros estados do Brasil.

Agradeço a companhia e os comentários de todos vocês no meu canal:


https://www.youtube.com/user/ligiaguerra11 


Um grande abraço!

* Lígia Guerra *


domingo, 30 de abril de 2017

'Quantidade' de pessoas não é sinônimo de 'qualidade'...



Vale lembrar que 'quantidade' de pessoas não é sinônimo de 'qualidade' de relações. 

Pense nas fotos que você têm… Quantas vezes aquela que tem duas ou três pessoas provoca mais sorrisos e evoca lembranças mais preciosas do que aquelas que têm vinte? 

É a maturidade grifando nas páginas da vida os momentos que merecem ser eternizados… Em muitos deles estaremos sozinhos na foto. Isso jamais deveria ser problema, mas sinal de paz interior. 

 - Lígia Guerra -