Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

“SOBRE O AMOR”...


Existem duas frases populares com as quais discordo completamente: 

“Por trás de todo grande homem existe uma grande mulher”. 

“Por trás de toda grande mulher existe ela mesma”. 

No amor sustentável essa dinâmica não existe. O casal caminha lado a lado. Ambos sabem que desde o momento em que nasceram contaram com outras pessoas para crescer e evoluir, e que na vida a dois essa percepção será ainda mais importante! 

Nem na frente e nem atrás e tampouco embasados na soberba da autossuficiência, pois todos os seres humanos são interdependentes. 

Aprendemos graças a outras pessoas, alimentamo-nos graças ao trabalho de outras pessoas, crescemos graças a ajuda de outras pessoas e podemos amar e sermos amados graças a existência de outras pessoas. 

A nossa grande missão no mundo é aprender a ser interdependente sem se tornar dependente. 

O amor não é submissão ou subjugação, é troca. Justamente por isso é um sentimento tão belo e precioso, a sua beleza está em caminhar lado a lado para poder enxergar o outro, acolher o outro, amparar o outro e realmente amar o outro. 

São passos que se somam, acompanham-se e alargam-se diante da vida. 
Passos que ampliam horizontes! 

*Lígia Guerra* 💜❤️


>> Livro "Amor Sustentável".

Nenhum comentário: