Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Chega um tempo...


Chega um tempo em que você não quer ser aprovado. Deseja ser amado. 

Chega um tempo em que você para de olhar. Aprende a perceber. 

Para de correr. Aprende a caminhar. 


Para de reclamar. Valoriza silenciar. 

Chega um tempo em que você deixa de sonhar com o futuro. Prefere se aconchegar nos braços do agora. 

Chega um tempo em que você se cansa das promessas. Despede-se dos “quem sabe”. 
 Passa a flertar com o presente. 

Esse tempo atende pelo nome de maturidade.

*Lígia Guerra*

Do livro "Amor Sustentável"


Nenhum comentário: