Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sábado, 13 de julho de 2013

Velejar...


Hoje a minha paz irá velejar 
pelos mares dos novos projetos.

- Lígia Guerra -


Um comentário:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

Formei pessoas completas, para mudar o sistema.
Onde prevalece a palavra, amor é o grande lema.
O sorriso é a senha, o abraço é a porta.
Assim transformei o mundo, de um século num segundo.
Na simplicidade da alegria é aqui o novo dia, onde se escreve a vontade e alimenta a esperança, que conquista, novos caminhos, para ampliar a andança.
E quando a saudade bater, é só lembrar que viver, está para o escrever e brincar de ser criança

Bons projetos e bons livros te encontrem no caminho, ai um dia irei ler e nunca viverei sozinho

Francisco Eluí Ferreira Terres