Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Eterno jogo...



Eu não gosto que me olhem de cima, 
tampouco que me olhem de baixo.
Amo quem encara um olho no olho!
Daqueles que sabem que a vida é um eterno jogo
em que sempre temos a aprender e a ensinar.

- Lígia Guerra -

2 comentários:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

Verdade! Motivo este que venho aqui sempre te provocar.
Entro na festa, a convido para dançar.
Quando aceitas, fico bem pertinho do teu olhar.
Procurando descobrir ainda, o que existe para você ensinar.
Que importa se no evento fica fora o sentimento, que está em casa para descansar.
Todos nos ali sabemos, que o que interessa é a verdade, ficando de lado a vaidade e muito menos blefar.

Francisco Eluí

Sol. disse...

Boa noite adorei seu blog bjs.