Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Coração do Av3sso...

...se me fiscalizam fico malcriada, depois infeliz e, finalmente, viro meu coração do avesso para que o lado mau fique de fora e o bom para dentro, e continuo tentando encontrar a maneira de ser como desejo ser, como poderia ser, se...se não houvesse mais ninguém vivo nesse mundo.

- Anne Frank -

3 comentários:

•Ø£hö§ ðë Gµë¡xå • disse...

Oie Lígia boa tarde, passando para desejar um ótimo fds!!! Bjinhos

Rita disse...

Do avesso, é assim que sinto o tempo, o espaço em algumas relações....Importa realmente a minha identidade, minha lealdade com essa pessoa que mesmo do avesso muitas vezes, mantem a essencia: sou eu.

Emilio J. Pazos Brenlla disse...

O Diário de Anne Frank deveria ser leitura obrigatória. Especialmente nos dias de hoje.