Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Abismo...

Quem combate monstruosidades deve cuidar
 para que não se torne um monstro.
E se você olhar longamente para um abismo...
abismo também olha para dentro de você. 

-Nietzsche -
Para além do bem e do mal.

Um comentário:

Emilio J. Pazos Brenlla disse...

Uma grande verdade dita pelo filósofo. O mal enxendra mal. O mal combates em igualdade de condições, mas, eu sou crente e penso que é melhor devolver bem por mal. Para o que vier atrás não tenha que lutar contra um mal maior.