Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 16 de março de 2011

Felicidade Gratuita...

Deus, que dia mais lindo mandaste hoje!
Esse sol rasgado no céu...
Todo assanhado sorrindo para mim.
Que vontade de sair voando não sei para onde...
Comemorando sei lá o quê...
Essa é a melhor felicidade de todas...
Aquela que não explicamos...
Simplesmente sentimos.

- Lígia Guerra -

4 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Hoje apenas passando pra oferecer o meu selinho de 500 seguidores...feito com o carinho de todos que me seguem.

Beijinhos
Sonhadora

Poeta del Cielo disse...

A felicidade esa que faz bater nosso coracao a mil con vontade de sair pelo mundo junto con ela sempre alentando nosso camino por viver sempre alegres... desborde enorme de sentimientos belos....

saludos
otima semana
abracos amiga Ligia

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Lígia Paz,
Meu apelido na escola era sol... solidão...

Há tempos tento terminar um poema que começa assim:

Se só lhe dão solidão...

Faz o segundo verso que eu termino o resto, topa?

Quem sabe o Carlos Careqa põe música! Conhece o Carlos Careqa, grande artista aí de Curitiba e torcedor do Coritiba?

Tudo de bom a si e aos seus,
Pedro Ramúcio.

Fernando Azevedo disse...

disse tudo. perfeito