Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 15 de março de 2011

Solta...

Ando aqui...
Viajo ali...
Livre, leve e solta...
Feito borboleta que pousa na mais bela flor...
Guiada pelo mais belo amor...
Sorrindo diante de cada luar...
Louca para rever o teu olhar.

- Lígia Guerra -

Um comentário:

Fernando Azevedo disse...

leitura gostosa! Encantador....
parabéns!