Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Diga-me!

De que valem as posições, o poder, a ganância, a competição e o ego? Se não passamos de um ponto (.) Então que sejamos pontos de exclamação que riem e fazem rir. Que se amam e que amam na mesma medida. Que sejamos um ponto de luz nesse meio do nada que para nós é o nosso tudo. Relaxe. Agradeça. Cuide. Ame. Seja um sábio ponto. Que você reflita lindos matizes azuis na sua jornada. 

 - Lígia Guerra -

 


Nenhum comentário: