Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Felicidade X (In)felicidade...

Uma questão de prefixo?
Flua corajosamente feito um rio. 
Jamais se feche em um reservatório de medos. 
Que os problemas não sejam seus inimigos, 
mas grandes mestres. 
Não seja covarde. Seja feliz. 
Infeliz qualquer medroso pode ser. 
Ninguém está algemando você. 
Apenas a sua covardia faz isso. 
Pare de terceirizar o seu destino. 
Não se afogue na poça da frustração. 
Não inveje. Não hostilize. Não compare. 
Não é preciso apagar a luz do vizinho 
para iluminar a própria casa. 
Trate a sua miopia emocional. 
Abra mão da companhia da infelicidade.
Divorcie-se dela. 
Case consigo mesmo. 
Troque alianças com a felicidade. 
Faça isso com paixão! 
Mas lembre-se, para a relação dar certo 
não pode haver traição. 
Ser feliz é muito mais do que 
uma questão de prefixo. 
É uma postura de fidelidade 
em relação a si mesmo.

- Lígia Guerra -


Nenhum comentário: