Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 7 de julho de 2013

Sede...




Um comentário:

KLAUS POEMAS disse...

Caríssima Lígia Guerra, bom dia. Sou Klaus Paranayba. Em 2006 consultei-lhe sobre um conflito ao qual eu passava em decorrência de um grave acidente automobilístico. Tratava-se de uma situação de voltar ou não ao tipo de trabalho. Sou Médico Veterinário. Resultado, fui aposentado e tornei-me escritor. Por suas orientações cheguei a uma Psicóloga que trabalha no campo profissional.
Ela auxiliou-me a entender que seria importante eu dar vazão à criatividade. Hoje já publiquei seis livros de poesia, CD e participo de um grupo de teatro. Sou grato por sua atenção naquele período. Atendeu-me 0800. Apenas pela sua boníssima vontade. Em meu site em andamento www.artepeneirada.com há alguns livros. Caso lhe interesse algum, será uma honra poder enviá-los a Senhora. Tenha uma boníssima semana.