Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Amarrotar os medos...






Amor é um vir a ser... Precisa metamorfosear. Alternar tempos de recolhimento com fases de voos. Acolher silêncios de cumplicidade. Gritar felicidades bobas. Desencaixar. Mudar as formas. Desestabilizar estruturas. Amarrotar os medos. Acariciar as certezas. Incitar sonhos. Criar raízes. Amor tem que chacoalhar o nosso ontem e confirmar o nosso amanhã. Fazer valer a nova história que está sendo crida no cenário do coração. 

- Lígia Guerra -


Nenhum comentário: