Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Ou(vitória)...


Eu abri vagas para o curso de Ou(vitória). Serão ministradas aulas de audição que conectam os ouvidos e o coração. O endereço para os interessados é: Rua do silêncio, número do infinito, sala do acolhimento. O material didático é todo embasado no renomado filósofo ‘Amor’.

- Lígia Guerra -

Um comentário:

Quem Casa quer Casa disse...

Adorei seu poema, inocente, fofo... nao sei descrever o que senti...
beijos