Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Réplicas emocionais ...


Pode parecer estranho o que vou lhe dizer, mas aprendi entre tempestades de lágrimas e muitos embates íntimos que sermos nós mesmos é uma das escolhas mais difíceis da nossa existência. Autenticidade exige uma grande fé na nossa essência e um instinto de liberdade incorruptível. Mil vezes nos decepcionarmos pelas nossas opções, mas sermos legítimos, do que pelo desejo de agradar e não passarmos de réplicas.

- Lígia Guerra -

4 comentários:

Rui disse...

Então SEJA. seja o mais insignificante dos gravetos, mas seja, - Seja a mais bela das poetisas, mas Seja. Seja uma psicologa, Mas AME-SE e acima de tudo SEJA VOCÊ. Isso devemos a cada um de nós e muitos nunca vão entender. Deixe então Hò!!! Bom Deus que nós possamos entende-los a eles.

BELLA SEMANA MENINONA.

Quem Casa quer Casa disse...

Li, as vezes parece que liguei para você desabafei e você escreveu algo para mim... Como conselho sabe???
É como se adinhasse meu momento, o que preciso ler...

bjs ótima semana

placco araujo disse...

Pena que você nunca nos mostre estes seus embates...porém creio que não é para só vermos seu lado bonitinho, mas sim para nos mostrar quase uma filosofia de vida...

Gostei muito do comentário sobre meus dois guris...mostra o carinho de quem realmente lê e guarda o que escrevemos...

Hoje quero mandar 3 beijos... para a amiga, para a mulher e para esta menina maravilhosa que muito me orgulha conhecer...

Bom dia, figurinha...

Edson

Fernando Azevedo disse...

"bá che", adoro essa av3ssa.