Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sábado, 8 de outubro de 2011

Iludir...

Sinto-me mais feliz sendo otimista.
Prefiro não ser refém dos medos e das angústias.
Se for para me iludir com alguma coisa...
Que seja com a felicidade!

- Lígia Guerra -

5 comentários:

Paulo Tamburro disse...

E então Lígia,

onde esta essa tal da felicidade que os poetas Tom Jobim e Vinicius, já admitiam sempre e soterrada pela tristeza sem fim?

Nisto exposto, sempre encontro muito do sentimento de culpa da raça humana que , vive associando o prazer da felicidade com pecado, tão bem relatado por Herbert Marcuse ,no livro: Eros e Civilização.

Nele o autor embrenha-se por estudos das motivações filosóficas e psicológicas que levam o prazer humano a se tornar culpa, e gerando sofrimento, inimiga voraz desta tal felicidade.

Herbert Marcuse devaneia que no Clã Original , o Pai Primordial era dono de todos os prazeres da natureza:sexo e sobrevivência.

Aos filhos cabiam somente o trabalho.

Querendo o que o Pai tinha, um dia o matam e, sempre que iam então desfrutar dos prazeres do sexo e da alimentação, sentiam não felicidade ou prazer por aquela conquista, mas sim, culpa e sofrimento por tê-las conquistado em função do assassinato do seu Pai Primordial.

Meio difícil de entender?

Não, absolutamente não, pois os que sofrem sentem isso na carne e almejam sempre emergir para esta mágica utopia desta tal da felicidade que "... como a pluma,
que o vento vai levando pelo ar
voa tão leve,
mas tem a vida breve,
precisa que haja vento sem parar".

Lígia me empresta a força deste seu vento que, venta sem parar?

Ando meio de saco cheio de tão brevíssimos momentos de felidade.

Um abração carioca.

placco araujo disse...

E este sorriso seu, debruçada na janelinha ao lado, nos mostra que isto é verdade...

Aproveitemos com alegria, este lindo sábado... e isto não é ilusão, é simplesmente um laivo de felicidade....

Beijos trav3ssos, menina linda...

Edson

H A R R Y G O A Z disse...

Have a SUPER weekend, Ligia !

Lígia Guerra disse...

Venham 'ventar' aqui, sorrir aqui, chorar aqui, emocionar-se aqui, poetar aqui, amar aqui, sonhar aqui...

A gente precisa de um pouco de flores no caminho para ser feliz, para suportar os dias cinzas...

Venham sempre, meus queridos Av3ssos!

Quem Casa quer Casa disse...

Li, Você realmente é linda... ve beleza, felicidade em tudo... e o melhor ensina as pessoas a enxergarem a vida difente.... apenas com suas palavras...

beijos