Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Adapto-me...

Nego-me a viver em um mundo ordinário 
como uma mulher ordinária.
A estabelecer relações ordinárias.
Necessito o êxtase.
Não me adaptarei ao mundo.
Adapto-me a mim mesma.

- Anais Nin -

Um comentário:

placco araujo disse...

O bonito disto tudo, até onde sei, é que na vida desta mulher isto é de fato um pensamento de vida, e não um texto emoldurado..

Como em você, linda menina..

Beijos av3ssos, beijos travessos
E acima de tudo, beijos gratos..
Por iluminar nossos dias, com bafejos de luz e alegria de viver..



Edson