Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Mil vezes...

Mil vezes ser odiada por ser verdadeira...
Do que ser amada por ser dissimulada.
- Lígia Guerra -

2 comentários:

Francisco Elui disse...

Bom dia! -)

Somente o teu sorriso, hoje é o que eu peciso.
Amor encontro aqui, com ele me diverti, sem precisar de aviso.
Este amor é sem dor, sou paciente, não doutor.
Viver é o que resta.
É ele que transforma nossas vidas, para viver sempre em FESTA.
Que a tua segunda feira, te encha de projetos, mesmo sem nos ver, estamos aqui tão pertos.
Linda? É a chuva que me desperta, e joga na minha mente, que vivo lá!
bem a frente. As vezes quase inocente, como um pássaro a cantar e aqui colocar tudo o que está na mente.

Boa semana! MENINA DO SUL.

Francisco

Fernando Azevedo disse...

Sem dúvida. Que possamos exercitar nossa autenticidade.

Parabéns pelas fotos e novo visual blog.