Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Twitter...


Pensadores Av3ssos:

Eu tive que mudar o nome do meu Twitter
por sugestão da minha editora.
Conto com a companhia de vocês em novo endereço:


Um grande abraço,
Lígia Guerra

Um comentário:

Francisco Elui disse...

Aqui é dia! Tão claro, tão doce.
Tão longe, tão perto. Estou aberto.
Pensar e amar, não é o suficiente.
Tudo transborda na minha mente.
Meu coração, meu corpo, meu abraço, é energia mais que quente.
Transforma na mais pura vontade de fazer a humanidade recorrente.
Na experiencia do passado, armazenar únicamente, no presente, o amado, na bondade, com a idade, tudo foi melhorado.
Na certeza do presente, sempre encontro ali na frente, os que preferem ser amado.
Isso tem que ser felicidade.
Compartilho aqui contigo o escutar do amigo, que no ir e vir, no final te faz sorrir, pelo momento encontrado.

Paris, 06 de julho de 2012

Francisco