Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 3 de maio de 2011

Alma Aberta...

A gente sempre deve sair
à rua como quem foge de casa,
Como se estivessem abertos diante de
nós todos os caminhos do mundo.
Não importa que os compromissos,
as obrigações, estejam ali...
Chegamos de muito longe,
de alma aberta e o coração cantando!

- Mario Quintana -

4 comentários:

黄清华 Wong Ching Wah disse...

Lovely !

Francisco Elui disse...

Bom dia!
Na rua: aprendo em meio uma diversão constante nas diferenças mil. Aqui próximo estava eu à andar e observar: Uma senhora estacionou seu automóvel, abriu o porta malas, retirou uma caixa e ficou olhando sem saber como fechar. Em sua frente perguntei: Fecho o seu carro? Com um sorriso, disse sim. Depois seu agradecimento foi: Não é toda hora que um ANJO, vem me ajudar assim. Devolvi o sorriso. Continuei andando. e o coração cantando.

Fernando disse...

Olá Ligia.
Me senti honrado com sua visita. Seu trabalho é de extremo bom gosto e foi muito prazeroso conhece-lo. Felicidades!

Nathacha disse...

Olá querida :)

É a minha primeira vez por auqi em seu cantinho, estou te seguindo e se você puder retribuir, ficarei grata!


Beijos



Nah



visite-me www.medicinepractises.blogspot.com