Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Não está no Aurélio...

ABANDONO:
Quando a jangada parte e você fica.
ADEUS:
O tipo de tchau mais triste que existe.
ADOLESCENTE:
Toda criatura que tem fogos de artifício dentro dela.
ARTISTA:
Espécie de gente que nunca vai deixar de ser criança.
AUSÊNCIA:
Uma falta que fica ali presente.
DESCULPA:
Palavra que pretende ser um beijo.
FOTOGRAFIA:
Um pedaço de papel que guarda um pedaço de vida nele.
FILHO:
Serzinho adorável e todo seu que um dia cresce e passa a ser todo dele.
GELO:
Aquilo que a gente sente na espinha quando o amor diz que vai embora.
LEALDADE:
Qualidade de cachorro que nem todas as pessoas têm.
LÁGRIMA:
Sumo que sai dos olhos quando se espreme um coração.
OUSADIA:
Quando o coração diz para a coragem "vá" e a coragem vai mesmo.

Um comentário:

Francisco Elui disse...

Quem sabe? Reaprendi. Uma eterna criança está aqui. Não consegui até hoje um foco, em bens materiais. Busco desesperadamente, continuamente, permanentemente o que a vida tirou-me aos meus 05 anos de idade: A CONVIVENCIA COM MEUS PAIS E IRMÃOS.
HOJE O AMOR RENASCE EM MIM A CADA INSTANTE. PRIMEIRA VEZ QUE CONSIGO CONFESSAR: AS COISAS MATERIAIS, PRA MIM AINDA NÃO TEM VALOR ALGUM. lembranças... que me faz chorar, mais que uma criança, ao menos não tenho vergonha alguma. Pois senti que o meu dicionário é diferente.
Neste momento único, me reinvento em uma pessoa melhor. Só ainda tem um MISTÉRIO: Porque entre meus 10 irmãos? Fui escolhido.... Quero sentir DEUS.... Criança cresce.. MINHA ESPERANÇA TBN.Curitiba, 22 de Abril de 2011, dia do meu Renascimento. Dia 24 meu primeiro dia de vida.
Francisco Elui Ferreira Terres...... AMÉM.