Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 18 de maio de 2017

O amor é uma poção mágica...


O amor é uma coreografia que se reinventa no dia a dia e quando vem acompanhado pela maturidade, torna-se ainda mais precioso e construtivo! A maturidade permite que o amor seja inédito em qualquer cenário, independente do tempo e do espaço. A maturidade afetiva é o encontro entre dois corações que trocaram a ideia do amor perfeito pelo amor verdadeiro e com ela compreenderam que o amor não machuca jamais! O que machuca é a surdez afetiva, a embriaguez da indiferença, a frieza cortante. 

O amor é um grande antídoto contra a tristeza, a idade, o lugar comum e ingratidão diante da vida. Ele é um alquimista que transforma silêncios em ternura… Olhares em abraços… Bocas em refúgio… Cegueira em luz. Ame. Ame muito! E se a pessoa que está ao seu lado não souber reconhecer a beleza desse sentimento, siga o seu caminho. O amor é uma poção mágica que só deverá ser servida no cálice de quem souber reconhecer o seu sabor. 

- Lígia Guerra -



Nenhum comentário: