Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 9 de outubro de 2016

Amores...



Alguns amores existem apenas em nossos sonhos. 
Servem para despertar sentimentos adormecidos.
Retiram-nos da infância da alma.

Alguns amores passam em nossas vidas para deixar ensinamentos.
Alguns deixam tristezas. Outros deixam saudades.
Mas é com a lição que devemos ficar. Saímos da adolescência da afetividade.

Alguns amores chegam para ficar… Enraízam. Frutificam. Constróem histórias verdadeiras. Espelham as nossas verdades mais secretas. Instigam quietude e inquietude. Jogam-nos no mar da vida. Ensinam-nos a nadar entre as tempestades e a descobrir tesouros em nossas profundidades.

Ao contrário dos dois primeiros amores… Esse amor nos ensina que as nossas belezas não estão nos nossos acertos… Mas nas auto descobertas. Diante dele ficamos nus e nos sentimos lindos!!! Sentimos a maturidade do amor abraçar a paixão com carinho.

- Lígia Guerra -


Nenhum comentário: