Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Aconchego...

Casas que abraçam...
Espaços que se transformam em lares.
Organização, limpeza, beleza e amor...
Sem esses cuidados as 
construções não passam de abrigos.
Com essas afetividades o aconchego transforma cada parede em uma história...
Cada cômodo em um ventre.

- Lígia Guerra -











Nenhum comentário: