Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 23 de agosto de 2015

Felicitam-se...



Transformam o complicado em descomplicado. Crescem na conta bancária e se agigantam na alma. 
Tem a agenda lotada, mas trapaceiam o tempo para amar quem precisa. 
Que dão bronca na hora certa...
E abraçam quando os demais viram as costas. 
São gratos por terem nascido. 
Apontam o caminho e depositam fé em quem vai trilhar. 
Aprendem com os diferentes. 
Fortificam-se com os semelhantes. 
Emprestam as suas cores. 
Alargam horizontes. 
Felicitam-se com a alegria alheia. Compartilham sonhos. 
Falam com os olhos. 
Amam com os silêncios. 
Dos que tem o perfume dos anjos e o colo de Deus. 

Gosto! 

- Lígia Guerra -


Nenhum comentário: