Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 28 de julho de 2015

Ignore!...


Quando você nasce, a sua alma volta a desabrochar. 
Quando você surge no mundo, ela renasce. E quando você vive com intensidade, sem medos… Ela desperta! 
Não importa qual será a sua aventura nessa jornada. Mais cedo ou mais tarde… A sua alma te provocará. 
Você descobrirá. O insight poderá ser um novo olhar, uma nova inspiração, o abandono da opinião alheia, a certeza de que independente do resultado, valerá a pena. 

Nesse instante mágico, instantâneo, feito um sopro de vento na sua nuca, aflorará um desejo desconhecido de SER, evoluir, superar,sentir, transformar e transformar-se. Sim! Você finalmente encontrou o seu destino. 

Muitas placas de retorno surgirão no caminho. Ignore-as. Tenha a certeza de que o ato de seguir não é insanidade. É certeza. É vida! 

- Lígia Guerra -


Nenhum comentário: