Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 23 de junho de 2015

Reflexão...

São tantas as belezas que a vida nos concede. Em determinados momentos somos cuidados. Em outros somos cuidadores. Na dança das cadeiras trocamos de lugar, de olhar, de função... Trocamos de roupagens, de ângulo e de percepção. No movimento do criar, recriamo-nos. Ser pai, ser mãe, ser amor... Tão bom o momento de abraçar. Tão doloroso o momento de deixar partir. Ainda assim, independente do barco, do destino ou da destreza dos remos que ajudamos a construir, aprendemos a mais dura lição de todas, amar implica em desapegar. 
Fica a reflexão. 

- Lígia Guerra - 
Emoticon hearLígia Guerra 


Nenhum comentário: