Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

No seu verdadeiro lugar...


Sofrer nem sempre é opcional... 
Aforgar-se nos problemas é! 
Decepcionou-se com o reconhecimento 
que não aconteceu? 
Foi abandonado por quem você mais amava? 
Formou um oceano com o seu estoque de lágrimas? 
Pare de incorporar o papel de vítima! 
Chega de lamentar e aprenda a nadar. 
Esse mar de lágrimas deve levá-lo 
ancorar em outro lugar. 
No seu verdadeiro lugar. 

 - Lígia Guerra -


Um comentário:

José Mendes Pereira disse...

Linda poesia! - http://blogdomendesemendes.blogspot.com