Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 26 de março de 2014

Paraíso...


O céu está encoberto pelas nuvens e a chuva não para. Tempestades se aproximam... Assim são os problemas. Apagam as estrelas e debocham dos sorrisos do sol. Intimidam os pobres mortais que só se concentram no medo dos raios e das chuvas. Esquecem, porém, dos seres humanos que se transformam em Deuses diante das adversidades. Dos que atravessam as tempestades procurando pelo arco-íris. É deles o reino dos céus. A eles pertence o paraíso, pois é lá que o impossível pode se tornar realidade. É lá que os grandes seres humanos comungam com os anjos e descobrem os segredos da iluminação. Esse céu não é o terreno do futuro, pertence às pessoas que fazem diferença construtiva no agora. Aos que mudam o mundo para melhor, hoje! Tu não sabias?

- Lígia Guerra -



Nenhum comentário: