Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Aproximam...

Palavras aproximam corações.
Permitem que as almas se toquem.

- Lígia Guerra -



"Quando flagelados pela separação e forçados a tanto pelos acidentes dos dias, 
volvemos às bocas dos tinteiros lastimando a dor da separação 
com a língua dos cálamos." 

 - in p. 155, 48ª noite das histórias das mil e uma noites -



Nenhum comentário: