Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

- AGRADECIMENTO -


Gratidão, uma palavra pequena que carrega consigo uma imensidão de significados. Amor, ternura, reconhecimento, felicidade e paz. No lançamento do NOSSO livro "Mulheres às Av3ssas", pude compreender que escrever é muito mais do que expressar sentimentos. Escrever é unir histórias que aparentemente não tinham nada em comum e reconhecer o incomum que as une. Sonhos diferentes que de alguma forma se entrelaçam pelo viés da busca. A busca pelas próprias verdades. A busca pela coragem. A busca pelas próprias certezas. A busca pela força interior que todos carregamos e que por vezes esquecemos trancafiada em algum recanto da existência. Sim, no dia 23 conheci, reconheci, revi, reuni pessoas que sabem que podem e devem ser ainda maiores em alma do que já são. Assinei muito livros, assinei até “cabeça”, como vocês podem ver nas fotos, assinei histórias. Mas talvez o que vocês não saibam, simplesmente porque não seja possível demonstrar, foi a alegria em mil cores que vocês bordaram para sempre no tecido do meu coração. 

Obrigada pelo tempo, obrigada pelas cinco horas lindas de comunhão. Obrigada pelas palavras. Obrigada pela amizade. Obrigada pelos abraços. Obrigada por existirem e provarem que nada nesse mundo é mais lindo e precioso do que o amor! Obrigada aos familiares. Obrigada aos amigos. Obrigada a querida Editora Editora Sextante. Obrigada a fantástica equipe das Livrarias Curitiba. Obrigada Vida!  
Beijos e(ternos) 

- Lígia Guerra -



Nenhum comentário: