Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Penso...


Não exploro a minha sensualidade 
através da vulgaridade. 
Não necessito provar nada para ninguém. 
Gosto de cativar expondo aquilo que penso
Sem medos. Sem rodeios. Sem culpas.
Deixo para as inseguras o fardo da autodesvalorização. 

 - Lígia Guerra -


2 comentários:

Lilian Kagueiama disse...

Escreves com elegância e beleza.
Estou aprendendo a me assumir assim também.
Gratidão.
Chuvinha fina de coragem e alegrianos campos de teu viver.
Deus te Proteja e Guie sempre.
Abraço,
Lilian

Lígia Guerra disse...

Obrigada Lilian, pela tua amizade, apoio e doçura!