Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Liberte-se...




A ansiedade é uma prisão de fantasmas
que aterrorizam a mente. 
Não acredite em miragens. 
Não arraste correntes. 
A sua mente não é uma gaiola. 
Guie-se pelas estrelas das suas verdades. 
Liberte-se. Voe! 

 - Lígia Guerra -


3 comentários:

Malu Silva disse...

Sempre um prazer passar por aqui e ler tuas escritas...
Um grande abraço e que a semana lhe sorria!!!

Bell disse...

ansiedade não é nada boa.

bjokas =)

Lilian Kagueiama disse...

Libertar-se exige coragem e mergulho do lado sombra...saindo do comodismo...creio que a maturidade me tem ajudado ajuda a encontrar esta coragem...
E tu nem precisou chegar à idade madura...já encontraste o "fio da meada"...
Boa jornada Lígia e siga escrevendo..muito ajuda!
Abraço,
Lilian