Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

É...


Cultive as suas raízes. 
Não esqueça que os frutos das suas conquistas 
estão sujeitos a ação do tempo. 
Mas quem você é, não. 

 - Lígia Guerra -

2 comentários:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

Boa Tarde!

Somente aqui, o tempo não importa.
Quem me dera se a vida fosse uma reta.
Todas as torturas da minha, entrariam
em turbulência sem fim.
De tempo em tempo, não sinto quem vive em minha volta.
Somente quando a liberdade chama, dizendo: Para ti no mundo não existe porta.

Bjs.

Francisco Eluí Ferreira Terres

Lígia Guerra disse...

Obrigada querido!
Como é precioso ter um amigo querido como você!

;-)