Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Mulheres às Av3ssas na Rede Globo...

A mulher saiu de casa para trabalhar e com isso uma nova dinâmica familiar surgiu. Adentraram fortemente nesse cenário os avós. Muito distantes da cadeira de balanços, os avós se despediram da imagem do bom velhinho. Hoje protagonizam, junto com os próprios filhos, os cuidados com os netos. Mas como ajudar sem invadir e amar sem se tornar permissivo? Reflita comigo. 

 - Lígia Guerra -

 

Nenhum comentário: