Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Gestos...



A afeição sucumbe perante a mecanização.
Quer viver uma grande história de amor?
Esteja atento aos gestos de ternura.
São eles que hidratam a vida do romance.


- Lígia Guerra -


Um comentário:

OdetedePaula disse...

aqui é o lugar ondes os sonhos pegam carona e nos levam longe..., muito longe!
Obrigada por nos trazer tanta beleza, inspiração e poesia!
Beijo