Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Aos poucos...


Aos poucos a saúde volta. 
Aos poucos a coragem, refortalecida,
acaricia a recuperação. 
Aos poucos o que aprisionava fica para trás. 
Aos poucos a escolha certa liberta. 
Aos poucos você percebe que aqueles que te 
abandonaram cruelmente, não fazem falta. 
Aos poucos você compreende que as pessoas 
especiais chegaram no momento certo. 
Aos poucos você sente mãos te amparando. 
Aos poucos você ouve vozes cantando. 
Aos poucos você compreende que tudo era pouco... 
E que o MUITO ainda estava por chegar. 
Aos poucos você redescobre o caminho da sua força. 

 - Lígia Guerra -


Nenhum comentário: