Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 21 de abril de 2013

Reencontro...


Confessa pra mim que você já enxergava 
os meus olhos enquanto flertava com as estrelas. 
Confessa pra mim que já fazias amor comigo 
 enquanto os teus lábios liam poemas. 
Confessa pra mim que já pressentias 
a minha presença cada vez que 
um sorriso esquentava a tua face. 
Confessa pra mim que o dia em que nos conhecemos 
você também sentiu que foi um reencontro
Confessa pra mim que o mundo ganhou 
 mais cores desde esse dia. 
Confessa pra mim que você sabe que eu sinto o mesmo. 

 - Lígia Guerra -


Nenhum comentário: