Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 29 de abril de 2013

A política do "Des"...




Você já reparou que momentos muito especiais da vida acontecem quando estamos (des)apegados de necessidades? Quando corremos (des)calços pela grama , (des)pidos de expectativas, (des)cabelados por aproveitar um banho de chuva, brincar com os filhos ou curtir um parque de diversões. (Des)armados de defesas bobas, apenas amando por nada. 

Até o escritor Guimarães Rosa defendia essa ideia. Dizia que a “felicidade se acha é em horinhas de (des)cuido". A política do ‘des’ é interessante. Muitas vezes precisamos (des)aprender sentimentos antigos para poder colocar novas e positivas emoções no lugar daquilo que (des)gastou. (Des)prender para voltar a voar.  

- Lígia Guerra -


Nenhum comentário: