Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sábado, 2 de março de 2013

Ter ou Fazer...


Não preciso ter muitas coisas para ser feliz. 
 Preciso fazer muitas coisas para ser feliz. 
Assar um pão. 
Enfeitar a casa com flores.
 Dançar na chuva... Quando a chuva vem... 
 Contar as estrelas do céu. 
 Observar um por do sol ao lado do homem que amo.
Rir por nada. Chorar por tudo. 
Estou fora de moda? Dane-se! 
 Felicidade não tem fórmula.
 Tem sabor de simplicidade.
Requer apenas coragem.
 Exige ousadia para amar 
independente das adversidades. 
 Amar (.) 

 - Lígia Guerra -


Um comentário:

Manuel Castaño disse...

LÍGIA: EM GUSTA TU LEMA, AL IGUAL QUE TU SENCILLEZ COMO PERSONA Y LA HERMOSURA Y PROFUNDIDAD EN TUS POEMAS. FELIZ SEMANA