Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Sou...

Meu juízo clama por raízes. 
Meu desassossego exige asas. 
Sou o produto criativo 
desse (e)terno atrito de amor. 
Sou escritora!

 - Lígia Guerra -

Um comentário:

Ana Lima disse...

Essa inquietação criativa é que dá asas a nossa imaginação
Belas palavras!

http://aartedereconquistaravida.blogspot.com