Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Porque...


Por que carrego doçura na alma e asas nos pés? 
Porque sinto a vida além do óbvio. 
Porque enxergo sol em dias de chuva. 
Porque amo até mesmo o desamor. 
Porque acolho cada gesto com os braços do coração. 
Porque perfumo o caminho das estrelas. 
Porque componho alegria na poesia da tristeza. 
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

 - Lígia Guerra -


2 comentários:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

Serás tu um anjo em forma de mulher?
Pense e repense, esses porque fizeram parte da minha vida por um longo tempo.
Hoje acredito no óbvio, chegamos, fizemos um jardim, construímos assim.
Nele nascem flores, sinônimo de amores. Quem sabe em outras vidas Anjos nos tornaremos. acredite. Só isso. Aceite! É a vida que te faz esse CONVITE......

BJS PARA SEMPRE POIS OS ANJOS PASSAM E VÃO EM FRENTE.

Francisco Eluí Frreira Terres

Lígia Guerra disse...

Querido Francisco,

Que lindo!!! Agradeço cada frase, cada poema, cada declaração de amizade e carinho, poeta do caminho!