Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 13 de julho de 2012

...


As folhas que caem voam pela janela
As folhas douradas e vermelhas de outono
Eu vejo os seus lábios, os beijos de verão
As mãos queimadas de sol que eu costumava segurar

Desde que você foi embora, os dias estão mais longos
E logo eu ouvirei a velha canção de inverno
Mas eu sinto sua falta mais que tudo, querida
Quando as folhas de outono começam a cair

É uma música que nos lembra
Você me amava e eu te amava
Nós vivemos juntos
Você, que me amava, e eu, que te amava

Mas a vida separa aqueles que se amam
Sutilmente, sem fazer muito barulho
Mas eu sinto sua falta mais que tudo, querida
Quando as folhas de outono começam a cair

- Nat  King Cole -

Nenhum comentário: