Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

terça-feira, 12 de junho de 2012

...

video

O amor faz os nossos pés criarem asas...

- Líga Guerra -

Um comentário:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

Bom dia!

É por ele que vou e venho, não busco, trago.
Ele vive dentro de mim, maior que todo, engenho.
Foi que salvou, foi ele que me levou.
Na vida é ele, a única coisa que tenho.
O resto vem na garupa, pois na frente sou o fogo, que queima forte, igual o bom lenho.
Esta maratona não acaba, por mais que a vida me traga, surpresas todos os dias.
Pois o que mesmo interessa, devagar ou com mais pressa.
É estar com as princesas, sempre fazendo as mesas e dispor com toda a certeza da vida o melhor prato.
Amor, amor , amor não precisa de receita.
É ele que abre todo o caminho e não existe quem rejeita.
Por isso aqui planto uma grande pequena mudinha, pois não avisei que vinha, neste dia no teu leito.
São flores na madrugada, que ultrapassam a calçada e chegam ao teu coração, Isso tudo por amor, te trago em minha mão. Feliz dia 11 que foi, melhor dia 12 aqui. Mas tão longe me encontrava e toda hora lembrava, viva! Viva! E agora consegui, muito embora talvez pensaste, por segundo que esqueci.

bjs.

Francisco Eluí