Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Esvaziando o amor...


Você já percebeu como os amores não acabam em um determinado dia? Eles se esvaziam... Assim... Aos pouquinhos... Já os começos parecem marcar a hora e o lugar. Alguns amores chegam feito Tsunami, enquanto outros desabrocham como a primavera e vão florindo cheiroso e mansinho. O fim, porém, padece daquela garoa cinza, prolongada, silenciosa e fria que parece que nunca mais passará. Noite após noite faz congelar por dentro. Até que em um determinado dia voltamos a abrir as janelas do nosso coração e descobrimos... Voltou a fazer sol outra vez!

- Lígia Guerra -

2 comentários:

simone vauna monteiro disse...

tomara que volte a fazer sol toda vez q eu quebrar a cara então rsrsrs bjus ;)

placco araujo disse...

Aguardo ansioso que o sol apareça novamente...

Um beijo lindo menina trav3ssa!

(Saudades....de você...de mim!)