Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 25 de março de 2012

...

Você queima dentro de mim...

Um comentário:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

É nos sonhos das poesias, que ando no mundo inteiro.
Entro em Curitiba, mas as vezes acordo no Rio de Janeiro.
Um mundo embalado por elas, doce, perfume silvestre.
Lindos dias que me fazem por tempo ir ao agreste. Onde vejo beleza no árido chão do nordeste.
Lígia tenha um domingo lindo e uma semana sedutora.
Para que em todas minhas demanda, tu entre como uma promotora, incentivando a leitura, nos trazendo mais cultura a este grande pequeno mundinho. Pois nessa alegria toda, sempre estaremos pertinho.
Espero chegar aqui igual a um bom vizinho

Francisco Eluí