Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

domingo, 1 de janeiro de 2012

Deuses de 2012...


A chuva que chegou com esse novo ano lavou a minha alma e varreu para bem longe as pessoas com as quais me equivoquei. Ela misturou-se às minhas lágrimas de despedida por tudo de bom e de ruim que me marcou em 2011. Ela arrancou do meu peito qualquer vestígio de dúvida ou tristeza.

A chuva que chegou em 2012 fez germinar as sementes que carrego em meu coração. Ela molhou os meus lábios como se os Deuses do céu invadissem a minha boca com promessas efervescentes para um novo ano quente de paixão e de realização. Sim, 2012 chegou e eu já o envolvi, abracei e o possuí com todo o meu amor! Quero degustá-lo dia a dia por inteiro com todo o sabor e o direito daqueles que amam viver.

- Lígia Guerra -

2 comentários:

Quem Casa quer Casa disse...

Ligia...
Vim agradecer por ter estar em nossas vidas, na minha principalmente este ano de 2011!!! E lhe desejar um ótimo 2012, para você e toda a sua família!!! Muita paz, saúde, amor, fé, esperança...
Estarei aqui este ano, como estive no ano que passou....
Deus te abençoe...

Beijossss

placco araujo disse...

Talvez a palavra que mais caiba aqui seja re-nascimento... à cada virada, é como se trocássemos de pele, e ao descartar a pele da tristeza e da dívida, damos lugar a uma nova pele que passamos a habitar, pronta e cheia de vida de novo!!!

Feliz 2012 menina trav3ssa, e que bom que podemos continuar a ter este encontro, quase que diário...