Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Mulheres às Av3ssas na Rede Globo...

 Av3ssas e Av3ssos que eu tanto Amo...
Esse é o Feliz Natal que eu desejo a vocês!

Um comentário:

Francisco Elui Ferreira Terres disse...

Uma gotinha d'água é o que sou e me sinto.
Se quizer algo a mais colocar, vem uma sensação de que minto.
Em todos os nuances da vida andei pelos labirinto.
Simples! É a natureza que ensina, com toda certeza, fazer o vinho tinto.
Acredito na coragem, que servimos da mensagen para se comunicar.
Por isso vivo aberto. A tudo que chego perto. Pode ser algo que vai dar certo, no ver e no procurar.
Pode ser a felicidade que veio dar um passeio e está ali no meio que pode nos encontrar.
E por falta até de uns passos, foi embora sem te olhar.

Francisco Elui