Lígia Guerra

Lígia Guerra
Por que carrego doçura na alma e asas nos pés?
Porque sinto a vida além do óbvio.
Porque enxergo sol em dias de chuva.
Porque amo até mesmo o desamor.
Porque acolho cada gesto com os braços do coração.
Porque perfumo o caminho das estrelas.
Porque componho alegria na poesia da tristeza.
Porque desejo colorir a vida com olhos de fé!

- Lígia Guerra -

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Transgredir...


Pessoas que gostam de andar com a alma uniformizada, por favor, mantenham distância! Gosto de essências pensantes, mutantes e desafiadoras. Aprecio aqueles que não têm vergonha de mudar de idéia... Dos que transgridem. Pensar é transgredir.

- Lígia Guerra -

3 comentários:

Quem Casa quer Casa disse...

Ai Li, eu diria que de todos os poemas para mim este é o mais complexo, o mais dificil de colocar em prática... Todos nos julgam sabe? para muitas pessoas mudar de idéia significa não ter palavra por exemplo... Mas sempre sigo seus conselhos... vou tentar sempre....

Beijinhosss e até amanhã no MULHERES AS AVESSAS

Cler .**.**.**.**.** disse...

Oi minha linda
Hj pela manhã ao ligar ao TV...quem eu vejo? Vc...amei e logo pensei, hoje meu dia só alegria, começou mto bem!
Adoro vc, sou sua fã de carteirinha!!!
gde beijo

Roberta Lima disse...

Verdade...pensar é ousar e sobretudo transgredir...como disse Blaise Pascal: "eu ñ tenho medo de mudar de ideia, pq eu ñ tenho medo de pensar"

Bjks!

=)